Saiba como escolher um software médico adequado para sua clínica

doctorview-blog-qualidade-atendimento-min
Os segredos da qualidade no atendimento em clínicas médicas
26 de junho de 2018
escolher um software médico

escolher um software médico

Os avanços da tecnologia em relação à saúde trazem muitos benefícios para os profissionais e para os pacientes. Afinal, os aparelhos modernos permitem um diagnóstico mais preciso e rápido, o que diminui o intervalo de tempo para começar o tratamento e evita procedimentos invasivos.

Além disso, a tecnologia aplicada à saúde também é positiva para os pacientes de forma indireta, visto que os benefícios tornam a prática médica mais prazerosa e eficiente para a equipe de profissionais de saúde.

Esse cenário é evidente quando a clínica usa um software que descomplica os processos, por exemplo. Isso porque a administração se torna mais fácil e precisa, além do sistema propiciar aos funcionários o foco no paciente, pois não há perda de tempo em outras funções.

No entanto, para que a tecnologia seja bem implementada, é preciso escolher um software médico de qualidade e que atenda as reais necessidades de sua clínica ou consultório. Saiba no post quais são as principais funcionalidades desse sistema e como não errar na sua escolha. Confira!

O que é e como funciona um software médico?

Parte do sucesso de um empreendimento médico é devido à tecnologia. Afinal, ela é indispensável em diversos aspectos do cotidiano, o que não seria diferente em uma clínica ou consultório.

Atualmente, um dos aliados que os profissionais de saúde e gestores da área podem utilizar é o software médico. Esse sistema é elaborado para uso virtual, podendo ser acessado de computadores, tablets e smartphones. Essa facilidade é muito interessante, visto que os dados podem ser acessados remotamente, ou seja, de qualquer local, uma vez que ficam armazenados na nuvem.

Cada sistema possui um conjunto de funcionalidades. Os pacotes mais simples podem oferecer apenas o agendamento eletrônico, por exemplo, enquanto os mais completos proporcionam ferramentas para a gestão completa da clínica.

Dentre as principais funcionalidades podemos citar:

Agenda eletrônica

Essa ferramenta possibilita muitos benefícios para o consultório ou clínica, visto que com ela é possível excluir as antigas agendas de papel. Assim, a marcação de consultas se torna mais organizada e rápida.

A interface é intuitiva, prática e ainda possibilita a opção de enviar SMS ou e-mail para o paciente lembrando-o da consulta. Esse recurso é benéfico para a clínica, visto que haverá menor índice de esquecimentos, e para o paciente, que receberá um lembrete de seu compromisso.

Prontuário eletrônico

O prontuário é outro item que ocupa espaço físico na clínica e deve ser substituído pela versão eletrônica. Esse recurso oferece ampla personalização, o que é ideal para a necessidade de cada paciente. Além disso, é possível que o profissional crie seus próprios modelos de receita e atestados.

Gestão financeira

Sem dúvidas o setor financeiro é um dos grandes desafios para o gestor de uma clínica ou consultório. Com o software médico é possível evitar surpresas desagradáveis, visto que nele é possível detalhar as receitas, lançamentos e despesas, assim como programar alertas de vencimento de contas, o que evita atrasos e prejuízos.

O sistema também é útil para gerar gráficos e estatísticas com os dados de faturamento. Além disso, é possível fazer a projeção de lucros e custos, o que possibilita um melhor planejamento.

Contato com o paciente

Por meio de SMS e e-mails, além de ajudar o paciente a lembrar-se das consultas, é possível felicitá-lo em seu aniversário, por exemplo. Essa é uma boa estratégia de fidelização, pois mantém o relacionamento ativo.

Acesso online e seguro

Como os prontuários podem ser acessados de qualquer local e simultaneamente, a agilidade da equipe se torna maior. Também é possível adicionar informações, fotos e resultados de exames, mantendo todas as informações do paciente em somente um arquivo.

O ambiente virtual criado pelo sistema é seguro, uma vez que os dados armazenados em nuvem são criptografados.

Como escolher um sistema para a minha clínica ou consultório?

Agora que você já sabe as principais funcionalidades de um software médico, que tal aprender como escolher o ideal para o seu negócio? Vamos lá!

Descubra as necessidades

Primeiramente, é preciso definir quais são as necessidades e dificuldades no cotidiano da clínica. É interessante fazer uma lista com recursos que atenderiam a essa demanda. Pode-se incluir também pontos em que o gestor precise de ajuda.

Com a lista em mãos será mais fácil solucionar os problemas por meio da escolha dos recursos do sistema que atendem à demanda e os objetivos do negócio.

Escolha um sistema simples de usar

É importante que o software médico escolhido seja fácil de usar. Afinal, um sistema complexo e de difícil navegação poderá trazer complicações e atrasar os processos.

Sendo assim, escolha um sistema de interface agradável e simples, em que poucos cliques sejam suficientes para navegar. Além disso, é importante que o painel central deixe todos os recursos à vista e tenha menus autoexplicativos.

Opte por uma empresa que ofereça suporte

Além de oferecer um software de qualidade é imprescindível que a empresa também tenha um bom suporte para o seu cliente. Afinal, podem acontecer problemas e dúvidas, principalmente nos primeiros meses em que o sistema for implementado.

Outra dica válida é optar por serviços que forneçam suporte remoto online, visto que assim a resolução do problema é mais eficiente. Isso porque ela funciona como se um técnico estivesse presente, executando os comandos, por meio do compartilhamento da tela com o usuário. Assim, não perde-se tempo com deslocamento e o atendimento é mais rápido e produtivo.

Verifique em que lugar os arquivos serão salvos e se o sistema funciona offline

Um bom software médico precisa contar com o salvamento de backups na nuvem, pois, quando os arquivos são guardados dessa forma, não há perigo de perdê-los caso haja algum problema com a máquina.

Além disso, é interessante optar por um sistema que funcione independente da internet. Assim, se a conexão for interrompida, o cliente não perderá o acesso ao sistema e, quando a internet retornar, os dados criados serão sincronizados para a nuvem.

Aproveite os testes gratuitos

Praticamente todas as empresas que vendem softwares médicos oferecem um tempo de experiência para o cliente, em que ele pode testar as funcionalidades e verificar se o sistema será útil ou não. Assim é possível excluir recursos que não serão usados e adicionar os que faltaram, tornando o software adequado às expectativas do cliente.

Pesquise sobre a reputação da empresa que oferece o serviço

É importante pesquisar sobre a reputação da empresa e dos serviços que ela oferece. Afinal, as informações sobre o sistema podem não ser verdadeiras ou a empresa pode cobrar taxas escondidas sobre os serviços.

Sendo assim, é interessante conversar com outros profissionais do segmento e obter depoimentos sobre quem já utiliza determinado software. Assim, é possível colher informações sobre quais sistemas são eficazes, quais empresas cumprem com o que é prometido e outras dicas.

Escolher um software médico pode requerer algum esforço, mas trará inúmeros benefícios para o gestor, funcionários e pacientes. Ficou interessado e deseja testar essa tecnologia em sua clínica ou consultório? Entre em contato conosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X

Pin It on Pinterest

X
Share This